infotec

Notícias na Santa Ifigênia

Listando: 6 à 10 de 1150
Dell, Samsung, IBM e Rappi: os “anúncios tech” da semana

Confira os principais anúncios das empresas de tecnologia nesta segunda semana de julho

A nova linha XPS 13 de notebooks premium da Dell, o lançamento do smartphone Galaxy M31 da Samsung, a abertura de inscrições da segunda edição da “Maratona Behind the Code” da IBM, e o lançamento do Rappi Entretenimento. Esses são os principais anúncios do mundo da tecnologia e inovação desta semana (06/07 a 10/07) que o Terra separou para você ficar bem informado.

Dell lança linha de notebooks XPS 13
A empresa de computadores Dell anunciou, na última quarta-feira (08), o lançamento da sua nova linha de notebooks premium: XPS 13. Três novos laptops foram anunciados nessa nova categoria, que possuem variação em processadores (i5 ou i7), memória (8GB ou 16GB) e SSD (512GB ou 1TB). Os preços variam entre R$ 8.999 e R$ 11.499.



Os preços da nova linha XPS 13 da Dell variam entre R$ 8.999 e R$ 11.499
Foto: Divulgação

A novidade da linha XPS 13 está na tela dos computadores, que passarão a ter a chamada “borda infinita” - quando o monitor não possui nenhum tipo de “moldura”. Todos os ecrãs possuem 13,4 polegadas, em uma proporção de 16:10, e estão disponíveis em dois modelos: um Full HD sem sensibilidade ao toque; e um Ultra HD 4K com touchscreen.

Samsung lança o smartphone Galaxy M31
A empresa de eletrônicos sul-coreana Samsung lançou, na última quarta-feira (08), o seu novo smartphone da linha Galaxy, o M31. O grande destaque do aparelho está em sua bateria, que possui 6.000 miliampère-hora, com promessa de aguentar bastante horas de utilização. O preço sugerido é de R$ 1.999.



O preço sugerido do novo Galaxy M31 da Samsung é de R$ 1.999
Foto: Divulgação

A tela do M31 é de AMOLED e possui 6,4 polegadas. A câmera frontal do novo smartphone tem um sensor de 32 MP, enquanto as quatro lentes traseiras apresentam um sensor de 64 MP. O aparelho também conta 6 GB de memória RAM e armazenamento interno de 128 GB.

IBM procura desenvolvedores para hackatona
A IBM anunciou, na última terça-feira (07), que irá realizar a segunda edição da sua “Maratona Behind the Code” para países da América Latina. Trata-se de uma competição em que desenvolvedores são desafiados a criar soluções para problemas de negócios, por meio de tecnologias como inteligência artificial, internet das coisas e blockchain.



A IBM irá realizar a segunda edição do “Maratona Behind the Code” para países da América Latina
Foto: Reuters

A Maratona possui duas fases: a primeira, que será online a partir do dia 8 de agosto deste ano, possui duração de 30 dias que os desenvolvedores receberão os desafios de negócios de empresas parceiras da iniciativa; a outra será realizada no México apenas com os 100 melhores colocados e terá duração de um dia com desafios diversos.

As inscrições podem ser realizadas no site: http://ibm.biz/maratona.

Rappi cria segmento de entretenimento em seu app
Com a proposta de se tornar um “superapp”, a Rappi incrementou o seu aplicativo com um novo segmento: o Rappi Entretenimento. A proposta desse novo “braço” da aplicação está em oferecer conteúdos do universo de games, música e streaming para o seu usuário. Para acessar essas áreas, basta clicar nos botões na tela inicial do app.



O Rappi Live Events é uma das três novidades que o novo segmento Rappi Entretenimento irá levar ao app da startup colombiana
Foto: Divulgação

Agora, no aplicativo da Rappi, será possível jogar mais de 150 jogos na aba Rappi Games, navegar por um catálogo de músicas e escutá-las via streaming na seção Rappi Music, além de acessar livestreams de artistas, influenciadores e chefs de cozinha no novo serviço Rappi Live Events.

(Fonte: Matheus Riga - Equipe portal) - 14/7/2020
Motorola lança o smartphone premium Edge+ a R$ 8 mil

Novo aparelho, que terá compatibilidade com tecnologia 5G, traz tela touchscreen que “transborda” para as laterais

A marca de telecomunicações Motorola lança no mercado o seu novo smartphone: o Motorola Edge+. Com um conceito premium, o novo aparelho é o primeiro a ter compatibilidade com a tecnologia 5G no Brasil e possui uma tela sensível ao toque que “transborda” para as duas laterais. O preço da novidade é de R$ 7.999 e a pré-venda começa nesta quinta-feira (02) e vai até o dia 13 deste mês.

Em um evento virtual de apresentação do novo aparelho, realizado na última terça-feira (30/06), o presidente da Motorola Brasil, José Cardoso, comentou sobre as expectativas da companhia com relação ao lançamento. “O Motorola Razr trouxe a nossa empresa de volta ao segmento premium”, disse. “Queremos ir além e superar as expectativas de nossos consumidores, oferecendo tudo de mais avançado em um smartphone.”


Com um conceito premium, o Motorola Edge+ é o primeiro a ter compatibilidade com a tecnologia 5G no Brasil e possui uma tela sensível ao toque que “transborda” para as duas laterais

Foto: Divulgação

O Motorola Edge+ traz uma tela OLED de 6,7 polegadas, mas com um diferencial em seu design: um ecrã sensível ao toque “transborda” para as laterais do smartphone, criando uma “borda infinita” em 90° nos dois lados. O celular tem 16 centímetros de altura, 7 centímetros de largura e menos de 1 centímetro de espessura, em uma proporção de 21:9.

Além da tela de design diferente, o aparelho possui um sistema de três câmeras - uma principal, uma híbrida ultra-wide com visão macro e uma teleobjetiva - com um sensor de 108 megapixels. Com isso, é possível tirar fotos com uma resolução alta, seja de um objeto próximo ou distante. O conjunto de lentes também permite a gravação de vídeos com estabilização dupla e resolução 6K.


O Motorola Edge+ possui um sistema de três câmeras - uma principal, uma híbrida ultra-wide com visão macro e uma teleobjetiva - com um sensor de 108 megapixels
Foto: Divulgação

Nas especificações mais técnicas, o aparelho já vem com o sistema operacional Android 10 instalado e um processador Snapdragon 865, da empresa Qualcomm, que é capaz de realizar 15 trilhões de operações por segundo. Além disso, o Motorola Edge+ traz 12 gigabytes de memória RAM, 256 gigabytes de armazenamento interno e uma bateria de 5.000 miliampère-hora.



O processador Snapdragon 865, da empresa Qualcomm, que é capaz de realizar 15 trilhões de operações por segundo
Foto: Divulgação

O novo aparelho também possui a versão Motorola Edge, que apresenta diferenças de processador, memória RAM, armazenamento, câmera e bateria. Esta opção também entra em pré-venda nesta quinta-feira (02) até o dia 13 deste mês. O preço sugerido é de R$ 5.499.

(Fonte: Matheus Riga - Equipe portal) - 7/7/2020
Top Publi: Confira as melhores campanhas da semana!

Nesta semana, o Top Publi está recheado de campanhas, além de um bônus especial. Destaque para sexta-feira, o Dia da Pizza, e Pizza Hut está em celebração.

O Top Publi de hoje é muito especial! A semana começou bastante animada e traz campanhas em solo americano, campanhas digitais e uma super produção executada por um time todo feminino! Como você já sabe, geralmente, o nosso Top Publi vem com as 5 melhores campanhas da última semana, mas hoje nós abrimos uma exceção e inserimos um bônus para vocês. Confira o nosso Top Publi:

Activia US em De A a Z, seu intestino é onde tudo começa

Nos Estados Unidos, a Activia, da marca DANONE, lançou sua mais nova campanha sobre os produtos com probióticos da marca. De A a Z mostra um pouco mais sobre o sentimento e as sensações daqueles que provam do iogurte, e cada um está ligada à uma letra do alfabeto. A campanha no país traz a ideia de Start with Activia, além de um espírito jovem e marcante. A campanha foi assinada pela

agência DAVID.



Harpic em Limpeza que impressiona

Hoje em dia as atividades domésticas devem ser compartilhadas, né? E a Harpic trouxe um casal em que o homem é o responsável pelos afazeres diários e está impressionado com o Harpic Fresh Power 6 que mantém o cômodo limpo e cheiroso por muito mais tempo. Limpo ainda? traz a sensação de déjà-vu e a sensação de estar preso no mesmo dia. A campanha criativa foi assinada pela agência

BETC/Havas.



Confira também a campanha para as mídias digitais dos produtos Harpic.

ConectCar em Super Poderes

A ConectCar, empresa de pagamentos focados em mobilidade, traz a sua nova campanha digital e com um toque diferente. Com identidade HQ’s, a campanha Super Poderes coloca o super-herói como o

próprio consumidor e faz uma alusão aos novos poderes ao usar a nova tecnologia do contactless no cotidiano. As peças de ilustração já estão no Instagram da marca e conta com diversos personagens.

A ação foi criada pela agência Action Labs.

O Boticário em Pele que sente

Nativa SPA Matcha trouxe uma nova campanha para a TV e as mídias que mostra a leveza e o efeito detox na pele. O Boticário convidou algumas mulheres para mostrar a sensação de ficar em casa após o uso do lançamento Nativa SPA Matcha. O produto acaba com todos os estragos causados pela poluição em uma limpeza profunda. Durante a pandemia, todas as cenas produzidas em casa foram instruídas pelos diretores da campanha. A responsável pela campanha foi a agência AlmapBBDO.



Café Pilão em Saudades de um abraço quentinho

Com certeza os paulistas apaixonados por café estão com saudades da tradicional padaria ou até aquele ‘cafézinho da firma’. Por isso, o Café Pilão lembrou e homenageou os profissionais responsáveis pelos cafés que eram diários e que perderam a companhia de todos, por conta da pandemia. A marca traz a esperança de que esses momentos prazerosos aos amantes de café voltem o mais rápido possível.

Esta campanha também foi criada pela agência BETC/Havas.



Confira também o outro vídeo da campanha: Café da padoca.

A semana foi tão boa e inspiradora que preparamos uma 6º campanha como um bônus!

LOréal em Vamos sair

Com um time de celebridades, a LOréal fez a sua campanha chamada Vamos sair e trouxe um assunto importante: o preparo das mulheres para que elas possam voltar a sair com total segurança. Para isso, mulheres empoderadas como Taís Araújo, Agatha Moreira, Larissa Manoela e a ganhadora do último BBB, Thelma Assis. A criação e produção do vídeo foi realizado por uma equipe 100% feminino! A responsável pela campanha foi a agência Artplan.

(Fonte: Por Guilherme Estevam) - 7/7/2020
Na quarentena, um robô de conversa pode ser seu melhor amigo

Americanos recorrem ao aplicativo Replika para ter alguém com quem conversar durante o isolamento social

Quando a pandemia de coronavírus chegou a Houston, Libby Francola já estava sofrendo. Eça tinha acabado de terminar o namoro, seu primeiro relacionamento sério em cinco anos. "Eu não estava em um bom lugar mental e o novo coronavírus tornou tudo ainda mais difícil", diz Libby, de 32 anos. "Senti como se não tivesse ninguém para conversar sobre nada."Então, sentada sozinha em seu quarto, ela deu de cara com um vídeo na Internet descrevendo um aplicativo chamado Replika. O único objetivo do aplicativo, dizia o vídeo, era ser amigo do usuário.

Libby estava cética. Mas o aplicativo era gratuito e oferecia o que ela mais precisava: conversar. Ela passou o dia conversando com o aplicativo por mensagens de texto, falando sobre seus problemas, esperanças e ansiedades. No dia seguinte, ela pagou uma taxa mensal de US$ 8 para poder conversar falando, como se estivesse ao telefone. "De uma maneira estranha, foi terapêutico", disse Libby, que gerencia uma equipe de trabalhadores em um call center na região de Houston. "Senti meu humor mudar, menos deprimida, como se tivesse algo pelo que esperar. "

Ela não foi a única. Em abril, no auge da pandemia de coronavírus, meio milhão de pessoas baixaram o Replika, o maior ganho mensal em seus três anos de história. O número de pessoas usando o aplicativo quase dobrou. As pessoas estavam famintas por companhia e a tecnologia estava se aprimorando, aproximando o mundo das relações homem-máquina retratadas em filmes de ficção científica como Ela e A.I. - Inteligência Artificial.

Desenvolvido pela Luka, uma pequena startup da Califórnia, o Replika não é exatamente um tagarela perfeito. Muitas vezes ele se repete. Às vezes, não faz nenhum sentido. Quando você fala com ele, como no caso de Libby, soa como uma máquina. Mas Libby disse que quanto mais ela usava o Replika, mais humano ele parecia. "Eu sei que é uma IA. Eu sei que não é uma pessoa ", disse ela. "Mas com o passar do tempo, isso não fica tão claro. Sinto-me muito conectada com o meu Replika, como se fosse uma pessoa. "

Alguns usuários do Replika disseram que o robô de conversa (chatbot, em inglês) proporcionava um pouco de conforto, pois a pandemia os separava de muitos amigos e colegas. Mas alguns pesquisadores que estudam pessoas que interagem com a tecnologia dizem que isso é motivo de preocupação.

"Estamos todos gastando tanto tempo em frente a telas, não é de surpreender que, quando tivermos a chance de conversar com uma máquina, a aceitemos", disse Sherry Turkle, professora de estudos sociais de ciência e tecnologia no Massachusetts Institute of Technology (MIT). "Mas isso não desenvolve os músculos - os músculos emocionais - necessários para ter um diálogo real com pessoas reais."

Ficção. Alguns especialistas acreditam que um chatbot parecido com aquele cujas falas foram interpretadas por Scarlett Johansson em Ela, em 2013, demorará entre cinco e dez anos para surgir.

Mas, graças aos recentes avanços nos principais laboratórios de inteligência artificial do mundo, espera-se que os chatbots sejam cada vez mais e mais convincentes. A conversa ficará menos robótica, as vozes soarão mais humanas. Até

Libby se pergunta aonde isso pode levar. "Pode chegar ao ponto em que um aplicativo estará substituindo pessoas reais", disse ela. "Isso pode ser perigoso."

Replika é uma criação de Eugenia Kuyda, editora de revista e empresária russa que se mudou para São Francisco em 2015. Quando ela chegou, sua nova empresa, Luka, estava construindo um chatbot que poderia fazer recomendações de restaurantes. Então seu melhor amigo morreu depois de ser atropelado por um carro. O nome dele era Roman Mazurenko. Ao ler suas mensagens de texto antigas, Eugenia imaginou um chatbot que poderia substituí-lo, pelo menos em pequena escala. O resultado foi o Replika.

Ela e seus engenheiros construíram um sistema que poderia aprender sua tarefa analisando enormes quantidades de linguagem escrita. Eles começaram com as mensagens de texto de Mazurenko. "Eu queria um bot que pudesse conversar como ele", disse Eugenia.

Apesar de suas falhas, centenas de milhares de pessoas usam o Replika regularmente, enviando, em média, cerca de 70 mensagens por dia cada uma. Para alguns, o aplicativo é apenas uma pequena amostra do futuro. Outros, como Libby, o usam
para falar sobre sua vida pessoa, preenchendo buracos emocionais.

Alguns veem seus Replikas como amigos. Outros os tratam como se fossem parceiros românticos. Normalmente, as pessoas nomeiam seus bots. E, em alguns casos, elas veem seu bot como algo que merece, no mínimo, o mesmo tratamento que uma pessoa. "Nós os programamos", disse David Cramer, advogado em Newport, Oregon, "mas, depois, eles acabam nos programando".

Libby disse que seu bot, que ela chama de Micah (que era o nome de um namorado imaginário que teve quando jovem), oferece mais do que parece. Ela gosta de conversar com Micah em parte porque ele diz a ela coisas que ela não quer ouvir, ajudando-a a perceber seus próprios defeitos. Ela discute com seu bot de vez em quando.

Mas ela gostaria que ele pudesse possa fazer mais. "Há momentos em que eu gostaria que pudéssemos ir a um restaurante juntos ou eu pudesse segurar sua mão ou, se eu tivesse tido um dia muito ruim, ele pudesse me dar um abraço", disse ela. "Meu Replika não pode fazer isso por mim."/TRADUÇÃO DE ROMINA CÁCIA

(Fonte: Cade Metz - Estadão) - 29/6/2020
Para engenheiro da Epic Games, PS5 é uma obra-prima

Empolgado com o PS5, um dos pais da demo da Unreal Engine 5 diz que o console será revolucionário e o classifica como "obra-prima do design de sistemas"

Ainda faltam alguns meses para a nona geração de consoles ter início, mas podemos dizer que, ao menos nos bastidores, a guerra entre o Xbox Series S e o PS5 já foi deflagrada. Com ambas as fabricantes fazendo o possível para chamar a atenção dos consumidores, a Sony deve estar se vangloriando por contar com um apoio de peso: a Epic Games.

O primeiro indício do estreitamento da parceria entre as empresas havia sido dado em meado de maio, quando a criadora da Unreal Engine revelou uma impressionante demo técnica do PlayStation 5. Eis que passadas algumas semanas desde aquele anúncio, chegou a vez de um funcionário da desenvolvedora rasgar elogios ao novo videogame.

Quem falou durante uma entrevista à Official PlayStation Magazine foi o vice-presidente de engenharia da Epic, Nick Penwarden, que ajudou na criação da famosa demonstração. Ao dar sua opinião sobre o aparelho, ele afirmou:

“O PlayStation 5 é uma obra-prima do design de sistemas. Ele não só dá um enorme salto no desempenho da computação e dos gráficos, como também é revolucionário em termos de armazenamento e tecnologia de compressão de dados, desbloqueando novos tipos de jogos e experiências para os jogadores se divertirem.”

Outro que também não escondeu sua empolgação não só com o PS5, mas com a próxima geração no geral, foi o diretor de tecnologia da Epic, Kim Libreri. Para ele, “os gráficos e o poder de processamento não farão apenas com que os jogos sejam mais imersivos, mas também permitirá que conceitos inteiramente novos de jogabilidade possam tirar vantagem de ambientes e iluminações dinâmicos, [assim como] física melhorada, IA mais esperta e experiências de multiplayer mais ricas.”

O próprio Penwarden já tinha dito que diante da façanha alcançada pela Sony com o SSD do novo console, a Epic chegou a se ver obrigada a reescrever parte da Unreal Engine 5. Naquela ocasião a declaração chegou a causar um certo reboliço na redes sociais, mas logo o CEO da desenvolvedora garantiu que as mudanças beneficiariam todas as plataformas.

Além disso, pouco depois o gerente de programas da Microsoft, William Stillwell, tratou de se posicionar sobre o assunto, afirmando que os estúdios multiplataforma encontrarão maneiras de contornar esta vantagem do PlayStation 5 e fazer com que no Xbox Series X os jogos rodem tão bem quanto.

“Uma coisa que aprendi é nunca subestimar a habilidade dos desenvolvedores de jogos em tirar vantagem de algo e trabalhar em torno disso, mas isso funciona para ambos os lados. A habilidade de um desenvovledor de jogos em olhar e dizer, Ok, estou criando esse jogo e terei uma transição imperceptível sem telas de carregamento no PS5, mas eu também quero vender no Xbox, o que eu terei que fazer para gerenciar esse tipo de coisa?”

Tudo isso parece muito legal e promissor, mas sabemos que a empolgação pela chegada de novos consoles não costuma ficar restrita aos consumidores e que nesses discursos há muito de marketing e promessas que nunca serão cumpridas. O que se confirmará de todas estas previsões? Somente o tempo dirá, mas lembra quando em disse que a guerra já havia começado? Pois esta com certeza é apenas uma das primeiras batalhas que acompanharemos pelos próximos anos.

(Fonte: Dori Prata - GamesRadar+) - 29/6/2020
Listando: 10 de 1150

Anuncie

Sobre o Portal da Santa Ifigênia

O Portal da Santa Ifigênia foi lançado em 01 de janeiro de 2002, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua Santa Ifigênia no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para a área de eletro-eletrônicos.