SHEIK CFTV

Notícias na Santa Ifigênia

Listando: 1 à 5 de 1246
Leilão da Receita tem iPhone a partir de R$ 500, celulares Xiaomi e mais

Pregão ainda tem lotes com smartbands, fones de ouvido, drone e até scooter elétrica; saiba como participar

A Receita Federal abriu, nesta segunda-feira (9), mais um leilão de produtos apreendidos. Nas próximas semanas, o órgão realizará um pregão com iPhones a partir de R$ 500, lotes com diversos celulares Xiaomi e até máquina de lavar com preço inicial em R$ 390. Os lances podem ser dados até dia 23 de agosto de 2022 por pessoas físicas e jurídicas.


iPhone 11 Pro Max está disponível no Leilão
Foto: Paulo Higa/Tecnoblog / Tecnoblog
Apesar de diversos produtos estarem disponíveis por valores mais altos, alguns são mais acessíveis. É o caso do iPhone 8 com preço inicial de R$ 500 nos lotes 311, 312, 313 e 314. Além disso, também é possível arrematar um iPhone 11 Pro Max por a partir de R$ 1.800 nos pacotes 318 e 319.

Celulares Xiaomi também estão disponíveis por menos de R$ 2.000. Como no caso do pacote 270 que oferece cinco Redmi Note 8 por R$ 1 mil de lance inicial, e do lote 274 que traz Redmi 9, Note 8 e Note 9 por a partir de R$ 1.500.

Outro destaque positivo é a presença de uma máquina de lavar roupas Electrolux por apenas R$ 390 no pacote 256.

A Receita Federal também traz diversos fones de ouvido, smartbands, um drone da DJI e uma Scooter Elétrica -- confira a tabela completa ao final do texto.

De acordo com o edital, os lotes estão disponíveis para visitação e retirada em sete cidades diferentes: Goiânia (GO), Campo Grande, Ponta Porã, Corumbá, Mundo Novo (MS), Cuiabá (MT) e Palmas (TO).



Redmi Note 9 também está disponível no leilão
Foto: Divulgação/Xiaomi / Tecnoblog

Como participar do leilão?
Os leilões da Receita Federal têm lotes destinados a pessoas físicas ou jurídicas. Você pode participar, mas o processo é um pouco complicado.

Obtenha um certificado digital (comprado à parte).
Consiga um código de acesso pelo Portal e-CAC.
Procure pelo edital no site da Receita Federal. O número é 0817600/000002/2022.
Faça sua proposta.
A Receita receberá os lances entre 9 de agosto, às 8h, e 22 de agosto, às 21h. A sessão para lance está programada para 23 de agosto, às 10h30. Todos os horários são de Brasília.

Se você quer participar, tenha em mente que a Receita não faz entregas. É preciso agendar um horário pelos telefones disponíveis no edital e ir até o local retirar.

Celulares e itens de destaque no leilão
O Tecnoblog selecionou alguns lotes que chamam a atenção na tabela a seguir.

Lote(s) Principais itens Lance inicial
180 ao 184 1x Scooter Elétrico R$ 2.500
195 1005x Xiaomi Redmi Airdots 2 R$ 35.000
196 725x Xiaomi Mi Smartband 5 R$ 40.000
197 724x Xiaomi Mi Smartband 5 R$ 40.000
198 373x Xiaomi Mi Body Composition Scale R$ 25.000
199 372x Xiaomi Mi Body Composition Scale R$ 25.000
200 20x Mi Robot Vacuum-Mop Essential (aspirador robô) R$ 20.000
201 804x Xiaomi Earbuds Basic 2 R$ 25.000
202 803x Xiaomi Earbuds Basic 2 R$ 25.000
203 ao 205 594x Xiaomi Mi TV Stick R$ 65.000
256 1x Máquina de lavar 16Kg Electrolux (LAC16) R$ 390
257 1x Drone DJI Mini Fly More Combo R$ 1.400
269 5x Xiaomi Redmi Note 9S R$ 2.000
270 5x Xiaomi Redmi Note 8 R$ 1.000
271 10x Xiaomi Redmi Note 9S R$ 4.000
273 10x Xiaomi Mi Band 4
14x Xiaomi Redmi Note 8
1x Redmi 8A
9x Redmi Note 9S
2x Redmi Note 9 Pro
1x Mi 9 Lite
1x Mochila Frozen usada
1x Lancheira Frozen usada
1x Bolsa térmica usada R$ 7.500
274 3x Redmi Note 8
1x Redmi Note 9
1x Redmi 9 R$ 1.500
292 1x iPhone 8 Plus R$ 900
293 ao 299 1x iPhone 7 R$ 600
308 25x iPhone 7 Plus R$ 12.000
309 e 310 1x iPhone 12 Pro Max R$ 3.050
311 ao 314 1x iPhone 8 R$ 500
315 ao 317 1x iPhone XR R$ 930
318 e 319 1x iPhone 11 Pro Max R$ 1.800

(Fonte: Everton Favretto Tecnoblog) - 09/08/2022
Cientista reproduz cerveja mais antiga das Américas, de 1566

Javier Carvajal, pesquisador equatoriano, conseguiu reviver a cerveja mais antiga das Américas a partir de restos de levedura e receita reconstruída de 1566

Um pesquisador equatoriano conseguiu reproduzir a cerveja mais antiga das Américas, de 1566. Para o trabalho, foi retirada uma levedura centenária de um barril onde se armazenava a bebida, em um convento do Equador que a fabricava no século XVI. A nova leva da cerveja foi chamada de "Quito 1566", sendo divulgada em julho pela Pontifícia Universidade Católica do Equador (PUCE).

O responsável pelo feito foi Javier Carvajal, que estudava biologia na PUCE e, em 1992, leu sobre primeira cerveja do continente americano em revistas especializadas na bebida. Investigando melhor, ele descobriu que ela era fabricada em Quito, capital do país, no Convento de São Francisco, pelo Frei Jodoco Ricke. Foi aí que se soube, também, a data da primeira fabricação, 1566.

Revivendo a cerveja
Carvajal se tornou professor na PUCE nos anos 2000, e começou a pesquisar sobre leveduras nessa época. Em 2007, ele foi atrás de alguma amostra que pudesse ter restado dos barris do convento, e um ano depois, ele conseguiu uma lasca. O complexo de onde veio o barril foi construído entre 1537 e 1680, e hoje é um museu. Analisando o fragmento no microscópio, foi encontrada a variedade do Saccharomyces cerevisia (fungo da levedura) em questão.

Após um trabalho de reanimação da levedura, faltava uma coisa: a receita da cerveja. O pesquisador, que vem de uma família de cervejeiros, encontrou um artigo em uma revista da indústria que descrevia vagamente a fórmula da bebida franciscana após 4 anos de busca.

Ele descreve o trabalho como uma "arqueologia da cerveja dentro da arqueologia microbiana", já que teve de preencher buracos da receita para recriar o sabor original. Foram usados toques de canela, figo, cravo e cana-de-açúcar. Escura e agridoce, a bebida têm, incorporados, os sabores da chicha, uma bebida fermentada de milho feita pelos povos pré-colombianos da região.

Acredita-se que o Frei Jodoco, franciscano de origem flamenca — ou seja, da parte holandesa da Bélgica — que criou a bebida, foi quem introduziu o trigo e a cevada em Quito. Mesmo assim, ele incorporava a chicha em suas receitas, dando um toque local às bebidas. Após uma década de trabalho, Carvajal começou a produzir a bebida em casa, em 2018. A pandemia, no entanto, acabou frustrando esforços de comercialização.

No mesmo ano, a PUCE lançou a "Quito 1566", em uma feira solidária de economia popular, e a continua vendendo em eventos da universidade. Há planos para comercialização em outros mercados, com os royalties convertidos para o financiamento de bolsas universitárias, mas ainda sem datas para o lançamento.

O símbolo da cerveja mais antiga das Américas, agora relançada, é um monge franciscano, mas não é Jodoco, e sim Pascual Lucero, que comandou a produção após a morte do criador. A produção do convento era mínima, já que começou com apenas oito frades, e a fórmula se perdeu quanto os maquinários foram introduzidos na indústria cervejeira: isso levou ao seu fechamento em 1970.

Para Carvajal, reviver tanto a levedura quanto a receita é um trabalho de amor pelo valor do intangível: a homenagem a Lucero também busca trazer o legado do herdeiro da primeira cervejaria das Américas, que permitiu a continuidade dessa cultura por 400 anos.

Número de nômades digitais pode chegar a 1 bilhão até 2035

Em média, 35 milhões de pessoas já atuam na modalidade, segundo balanço; integrador digital e treinador de líderes comenta oportunidades para aprender a trabalhar on-line

Em um passado não muito distante, povos nômades tinham de lidar com diversas intempéries para garantir a sobrevivência em um cenário não muito favorável. Por outro lado, o mercado dos chamados "nômades digitais" - profissionais que atuam no ambiente virtual, sem qualquer limitação geográfica - prospera e tem perspectivas positivas: segundo o Relatório Global de Tendências Migratórias 2022 da Fragomen, empresa especializada em serviços de imigração mundial, 35 milhões de profissionais já atuam por meio do sistema em todo o mundo, número que pode chegar a um bilhão em 2035.



Nesse panorama, ao menos 23 países já oferecem vistos específicos para os nômades digitais, como Argentina, Costa Rica, Emirados Árabes, Grécia, Islândia e Tailândia, além do Brasil. O Conselho Nacional de Imigração, administrado pelo MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública), ordenou a concessão de visto temporário e autorização de residência aos imigrantes que se encaixem na modalidade, conforme publicação da CNN Brasil.

Para Denis Macedo, integrador digital, treinador de líderes e idealizador do projeto Vida de Instagram, a projeção realizada pela Fragomen é assertiva. "É surreal como a tecnologia e a internet possibilitam tanto avanço e novos tipos de trabalhos - que são as profissões do futuro. As pessoas não gostam da sensação de se sentirem presas a algo. Muitas vezes, o CLT [profissional que atua com base na Consolidação das Leis do Trabalho] convencional, com cumprimento de horário presencial, acaba fornecendo essa sensação [de estar preso]", afirma.

"O desgaste de ter que ficar o tempo todo em um local, de todo processo de deslocamento, já era demais para o colaborador, sobretudo após a pandemia de Covid-9, quando muitos profissionais e empresas conseguiram experimentar quão valioso pode ser um trabalho home-office para ambas as partes", acrescenta.

Aliás, somente 5% dos profissionais que passaram a atuar por meio do teletrabalho pretendem deixar o sistema para voltar a trabalhar no ambiente corporativo, de acordo com um estudo do Talenses Group, realizado com 676 profissionais e obtido pelo Valor.

Para a empresa, prossegue Denis Macedo, o home office é vantajoso em vários requisitos, como economia com local, energia e internet. "Para o funcionário, a flexibilidade, que dispensa deslocamentos, possibilita oportunidade de trabalhar do local que desejar, o que oferece a sensação de liberdade e gera uma mentalidade saudável. A consequência é uma motivação maior, o que acompanha uma produção melhor deste colaborador", completa.

De fato, um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, observou que trabalhadores satisfeitos são até 31% mais produtivos, três vezes mais criativos e vendem 37% a mais em comparação a seus pares insatisfeitos. De forma similar, uma pesquisa da consultoria de gestão Bain & Company apontou que trabalhadores desmotivados podem ser 125% menos produtivos do que os colegas que desempenham suas atividades com inspiração e engajamento.

Na visão do especialista, para além da independência geográfica, o trabalho como nômade digital gera mais qualidade de vida, seja com tempo com a família e viagens - e a tendência é, de fato, só aumentar. "Entre diversas vantagens, os trabalhadores virtuais têm liberdade e flexibilidade. Mães, por exemplo, podem estar em casa com os filhos, otimizando o tempo. Assim, se ocorrer algum contratempo, essas profissionais têm a possibilidade de resolver tudo de perto, o que gera mais qualidade de vida", articula.

O idealizador do projeto Vida de Instagram sublinha que as profissões que mais permitem o trabalho como nômades digitais são: social media, analista de tráfego, vendas de afiliados e projetos que promovem comissionamento. Segundo ele, os interessados podem buscar a orientação de especialistas a fim de se prepararem para trabalhar no mercado virtual.

(Fonte: DINO) - 21/06/2022
Xiaomi Mi Band 7 ganha edição global com bateria de longa duração

Xiaomi leva Smart Band 7 para mais países; nova geração da pulseira fitness traz tela maior e bateria que dura mais de uma semana

A Xiaomi Mi Band 7 já está disponível em outros países além da China. Anunciada globalmente pela Xiaomi nesta terça-feira (21), a pulseira fitness chama a atenção pelo seu clássico corpo em formato de pílula com tela maior. O wearable ainda possui uma bateria que promete passar 14 dias longe das tomadas e oxímetro de pulso.



Xiaomi Mi Band 7 ganha versão global; veja preço
Foto: Divulgação/Xiaomi / Tecnoblog

Apresentada globalmente como Xiaomi Smart Band 7, a pulseira oferece o mesmo visual de sempre. A diferença fica pela tela AMOLED de 1,62 polegada que, segundo a fabricante, é 25% maior do que a geração anterior. "Isso fornece mais espaço de visualização para informações e oferece maior clareza e eficiência para os usuários", anunciaram em comunicado à imprensa.

O dispositivo ainda oferece resistência à água (5 ATM). Os usuários também contam com várias opções de pulseiras coloridas e mais de cem mostradores para personalizar o wearable com mais liberdade. O corpo do produto, no entanto, está disponível em somente uma cor: preto.

Mi Band 7 possui bateria de longa duração e oxímetro
A bateria é um dos destaques do lançamento. A fabricante informa que o gadget pode passar até 14 dias em stand-by. Além disso, a smartband possui oxímetro de pulso (SpO2), monitora batimentos cardíacos, sono e afins. Em termos de exercícios, a Xiaomi informa que a Smart Band 7 é capaz de acompanhar mais de 110 tipos de atividades físicas.

O dispositivo ainda possui conectividade Bluetooth para se conectar a celulares Android ou ao iPhone (iOS). A Xiaomi, por outro lado, não chegou falar sobre o modelo com NFC para pagamentos por aproximação.



Xiaomi Smart Band 7 oferece vários mostradores para personalizar a pulseira fitness
Foto: Divulgação/Xiaomi / Tecnoblog

Preço e disponibilidade
Na Europa, a edição global da Mi Band 7 custará 49,99 euros (cerca de R$ 270 em conversão direta). A cargo de comparação, na China, os preços começam em 249 iuanes (por volta de R$ 190).

A Xiaomi ainda revelou outros produtos nesta terça-feira (21). É o caso do Xiaomi Book S de 12,4 polegadas, um notebook com Qualcomm Snapdragon 8cx Gen 2 (ARM) e Windows 11. A marca chinesa ainda revelou as edições globais Xiaomi Electric Scooter 4 Pro e a Xiaomi TV A2 Series.

Não há previsão de lançamento do wearable no Brasil.

https://adnews.com.br/fortnite-darth-vader-chega-ao-game-em-nova-atualizacao/?utm_source=terra_capa_noticias&utm_medium=referral

Fortnite: Darth Vader chega ao game em nova atualização

Matheus Parente

O Lorde das Trevas dos Sith está marcando presença na ilha.
As notas do patch 21.10 do Fortnite foram lançadas juntamente com a primeira grande atualização em mais de duas semanas. Este patch traz consigo um perigo totalmente novo, e seu nome é Exército Imperial liderado pelo próprio Darth Vader.

O Lorde das Trevas dos Sith chegou à ilha, e ele e seus Stormtroopers serão um desafio adicional para aqueles corajosos o suficiente para enfrentá-los. Vader e sua equipe aparecerão em um local diferente a cada partida, e qualquer um que puder derrotá-lo ganhará o direito de entregar o sabre de luz de Darth Vader. O sabre vermelho funciona como as armas de sabre de luz anteriores em Fortnite, só que desta vez o portador pode jogá-lo em um inimigo como um bumerangue para grandes danos.

Os locais de desembarque imperiais também possuem baús imperiais especiais, que contêm, entre outros itens, o retorno do E-11 Blaster. Essas armas exclusivas também serão descartadas por qualquer Stormtrooper derrotado na batalha.

O patch Fortnite 21.10 também desbloqueará os Super Styles para skins no passe de batalha para quem quiser subir de nível até 200. A partir do nível 140, os jogadores podem ganhar estilos alternativos Platinum Rift, Lapis Slurp e Auric Blaze para Adira, Evie, Malik, Sabina e Stormfarer.

O novo patch também fará ajustes nas novas mudas de realidade, alterando quantas frutas aparecerão nas árvores, dependendo da raridade da árvore. Frutas incomuns e raras permanecerão em três cada, mas frutas épicas serão reduzidas para duas de cada vez, e as lendárias se juntarão a míticas com uma única fruta por colheita.

Finalmente, o recurso de visualização de áudio está recebendo uma revisão no patch Fortnite 21.10, com o alcance do indicador para “passos, baús e veículos” sendo reduzido. A mudança foi feita em um esforço para “combinar melhor a distância quando esse som seria audível” e significa que a fonte desses sons precisará estar mais próxima de um jogador para que os visuais apareçam.

O patch Fortnite 21.10 não é a única grande adição ao jogo esta semana, já que Naruto Rivals – o próximo conjunto de skins temáticas de Naruto – foi confirmado para lançamento na loja de itens em 23 de junho.

Essa matéria é uma tradução da escrita por Jason Fanelli para o site GameSpot.

(Fonte: Bruno Gall De Blasi Tecnoblog) - 21/06/2022
Pix acelera inclusão financeira e fomenta economia instantânea

O sucesso do Pix permite a inclusão financeira de desbancarizados, aponta estudo.

Os números do Pix são impressionantes. Ao longo dos dois últimos anos, desde que ele foi implementado pelo Banco Central, já foi usado por mais da metade da população brasileira ― uma penetração maior que a de cartões de crédito. É o que indica o estudo Beyond Borders do Ebanx, fintech de pagamentos latino-americana.

"Os pagamentos instantâneos e as carteiras digitais são alguns dos métodos mais eficientes para gerar inclusão financeira e permitir que milhões de pessoas tivessem acesso a bens e serviços digitais", afirma Paula Bellizia, presidente de Pagamentos Globais do Ebanx.

"Esses pagamentos têm conectado mais empresas a consumidores, muitos dos quais são compradores digitais de primeira viagem, que desejam mais variedade e uma experiência de compra simples e intuitiva. A ascensão dessa nova economia instantânea é peça chave para que empresas de todo o mundo acessem o enorme potencial do mercado latino-americano e aumentem sua fatia neste bolo", completa ele.

Ainda que não seja exatamente uma surpresa, o estudo indica que a maioria dos brasileiros que usam o Pix são consumidores online de primeira viagem: 62% dos usuários do Ebanx que pagaram com o Pix não haviam feito nenhuma compra naquele site ou aplicativo no último ano. Essas transações representaram 40% de todo o volume Pix para as empresas que usam o Ebanx ― e um aumento de 20% nas vendas em geral.

A facillidade de uso do Pix através do celular é o grande segredo de seu sucesso. Hoje, 98% de todas as transações Pix são realizadas por celulares, o que representa cerca de 70% do volume da nova forma de pagamento, segundo dados do Banco Central do Brasil obtidos pelo Ebanx.

"É fascinante ver como os consumidores migraram massivamente para o Pix em pouco mais de um ano. Isso demonstra um alto nível de confiança em um novo método de pagamento digital. Para a América Latina, isso é transformador", afirma Erika Daguani, VP de Produto do Ebanx. "O Pix democratiza o acesso ao e-commerce e traz mais gente para a mesa. Pessoas que não tinham cartão de crédito, por exemplo, ou empreendedores que não tinham maquininha, agora podem receber pagamentos rapidamente pelo Pix."

Listando: 5 de 1246

Anuncie

Sobre o Portal da Santa Ifigênia

O Portal da Santa Ifigênia foi lançado em 01 de janeiro de 2002, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua Santa Ifigênia no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para a área de eletro-eletrônicos.