Portais da Cidade

Notícias na Santa Ifigênia

Listando: 1 à 5 de 1042
iOS 13 terá recurso que aumenta a vida útil da bateria do iPhone

O iOS 13, próxima versão do sistema operacional da Apple para smartphones, terá uma função bastante importante, mas que não foi divulgada pela companhia. De acordo com o site Business Insider, a plataforma virá com um recurso que aumenta a vida útil geral da bateria do aparelho — e, consequentemente, impede que ela perca desempenho ao longo dos anos.



Foto: TecMundo

O "carregamento otimizado de bateria" é uma função que impede que o dispositivo fique com 100% de recarga por muito tempo enquanto está conectado em uma fonte de energia. Fazer isso todos os dias, algo comum quando você deixa o dispositivo durante toda a noite na tomada ou no carregamento sem fio, pode "estressar" a fonte de energia e fazer com que ela dure menos que o esperado.

O iOS 13 deve ser liberado oficialmente em setembro, junto com a próxima geração de smartphones da empresa.

Aprendendo com você
Além disso, o aparelho terá um sistema inteligente que "aprende" como é a sua rotina de carga, para economizar energia ao máximo se você chegar abaixo dos 20% horas antes de quando você costuma carregar o iPhone, por exemplo.

Esse recurso tem outras utilidades: ele sabe quando você põe ele para carregar durante a noite, fazendo com que a bateria só receba cerca de 80% do total. Faltando pouco tempo para você despertar, ele dá a carga final, evitando desperdício de energia e problemas na bateria.

Vale lembrar que a Apple foi duramente criticada ao propositalmente diminuir o desempenho de iPhones antigos porque, segundo a empresa, isso seria necessário para evitar a degradação da bateria dos dispositivos. O tal carregamento inteligente, portanto, é também uma forma de evitar esse tipo de problema no futuro.

(Fonte: TecMundo) - 10/6/2019
Projeto Athena, da Intel, permitirá que laptops sintam presença do usuário

O Projeto Athena, liderado pela Intel, permitirá a criação de laptops com um sensor de proximidade para identificar a presença do usuário. O objetivo do recurso é expandir a duração da bateria dos equipamentos, fazendo-os poupar energia quando o usuário se afastar.

Apresentado pela companhia no início de maio, o novo recurso prevê o desenvolvimento de notebooks padronizados, trazendo otimizações propostas pela parceria entre engenheiros da Intel, desenvolvedores de software, fornecedores de componentes e empresas fabricantes de equipamentos.

Como funciona o sensor
O sensor de proximidade será posicionado ao lado da webcam, na tampa do dispositivo, e poderá ser configurado quanto à distância e ao tempo para ser acionado. Ao se afastar do limite programado e ultrapassar o tempo predeterminado, o laptop diminuirá o brilho da tela até entrar em modo de descanso. Quando o usuário retornar, o sensor perceberá sua presença e "acordará" o sistema automaticamente.

Há, ainda, outro método em desenvolvimento, que usará a própria webcam como sensor e funcionará a partir de reconhecimento facial. Ele será aprimorado para ser lançado futuramente, já que, no estágio atual, seu comportamento ainda é muito sensível.


Foto: TecMundo
Fonte: Engadget

Por dentro do Athena
Os primeiros notebooks do Projeto Athena serão lançados ainda em 2019. Os equipamentos precisam ser finos e leves e algumas das especificações iniciais exigidas pelo projeto incluem:

mínimo de 9 horas de duração de bateria, com brilho a pelo menos 250 nits;
mínimo de 4 horas de duração de bateria com carga de 30 minutos;
recurso Instant Resume, que faz o sistema sair do repouso em menos de 1 segundo;
conexão WiFi 6.0;
custo em torno de US$ 800.
Projeto é ousado, mas não é novidade
Não é a primeira vez que a companhia anuncia algo do tipo: anos atrás a Intel já havia lançado as especificações que classificavam os ultrabooks, que basicamente são laptops voltados para o segmento corporativo, com o objetivo de serem o mais finos e leves possível, já que trazem apenas conexões básicas. As conexões extras, ou de expansão, são providas através de módulos à parte, plugados ao equipamento de acordo com a necessidade do usuário.

É esperado que os laptops Athena substituam completamente os ultrabooks em poucos anos.

(Fonte: TecMundo) - 10/6/2019
Lenovo registra patente de notebook dobrável em três partes e resistente

A fabricante chinesa Lenovo está mesmo empenhada em virar referência no ainda não existente setor de notebooks dobráveis. Além de anunciar o primeiro modelo da área, que só deve sair em 2020, ela agora registrou duas patentes nos Estados Unidos para futuros dispositivos que são ainda melhores e cobrem alguns eventuais defeitos da primeira geração.

Segundo o Windows Latest, a primeira patente é um método de "troca de modos" que permite ao dispositivo ser dobrado em múltiplas formas. Há um segmento principal que, a partir de duas dobradiças, é conectado a mais dois pedaços menores. Na prática, isso deve permitir o uso de um teclado virtual de diferentes tamanhos ou até para deixar o aparelho com uma base para você assistir a conteúdos nele.



Foto: TecMundo
Fonte da imagem: Reprodução/USPTO

Já a segunda patente é mais simples de ser entendida. Ela é sobre outro dispositivo dobrável, desta vez mais tradicional: um único painel fechado pela metade em forma de concha. A novidade é um mecanismo que permite ao aparelho sofrer danos sem trincar o display.



Foto: TecMundo
Fonte da imagem: Reprodução/USPTO

De acordo com a descrição e o desenho, a fina camada da tela dobrável tem logo abaixo uma placa protetora do chassi e um mecanismo que absorve impactos, além de outra superfície também flexível, que se molda de acordo com a batida para evitar a quebra do painel na hora do movimento.

(Fonte: TecMundo) - 3/6/2019
Apple lança Pro Display XDR, monitor 6K de 32 polegadas, por US$ 5 mil

Durante a abertura da WWDC 2019, a Apple anunciou o Pro Display XDR, um monitor com resolução Retina 6K (6016x3384 pixels) e 32 polegadas que chega para fazer companhia ao novo Mac Pro. Esse é o primeiro monitor lançado pela Apple desde 2016.

O Apple Pro Display XDR promete uma reprodução precisa de cores, exibindo até 10 bilhões de tons, medida que deve beneficiar principalmente profissionais que trabalham com edição de vídeo e imagem.

Ele conta ainda com uma camada antirreflexo que aumenta o ângulo de visão e permite que várias pessoas vejam o conteúdo da tela sem distorções.



Foto: TecMundo

Com o brilho no máximo, o monitor é capaz de exibir 1000 nits, atingindo picos de até 1,6 mil nits. A traseira dele segue o mesmo estilo de "ralador de queijo" visto no novo Mac Pro. A Apple diz que esse design foi escolhido pois também pode dissipar o calor gerado pelo monitor.

A Apple venderá o Pro Display XDR por US$ 4.999. No entanto, a base do monitor deve ser adquirida separadamente por US$ 999. Ela permite que o painel seja rotacionado e usado tanto na horizontal como na vertical.

(Fonte: TecMundo) - 3/6/2019
Xiaomi lança 1º laptop Redmi com processador Intel de 8ª geração

A Xiaomi aproveitou a chegada de seus novos smartphones, o K20 e K20 Pro, para anunciar também o laptop RedmiBook 14, fabricado pela subsidiária Redmi. É o primeiro notebook da companhia, que traz uma máquina interessante, que pode ser uma boa para profissionais que precisam de mobilidade.

Máquina tem 1,79 cm de espessura e pesa 1,5 quilo, com opções de Intel Core i5 e i7

O PC vem com tela de 14 polegadas com resolução Full HD e bordas mínimas de 5,75 mm com 81,2% de aproveitamento no painel. O display conta com revestimento fosco antirreflexo para boa visibilidade durante o dia. O computador tem 1,79 cm de espessura e é relativamente leve, com 1,5 quilo, e possui teclado de 19 mm.

Ele vem com duas opções de processador: o Intel Core i7 8565U e o i5 8265U. A GPU é a NVIDIA GeForce MX250, com 4 GB ou 8 GB de memória RAM e armazenamento SSD de 256 GB ou 512 GB. Além de entrada para fone 3,5 mm, ele possui uma porta HDMI, 2 USB 3.0 e outra USB 2.0.

A companhia promete bateria com 10 horas de duração e suporta standby de baixo consumo de energia, assim como o Smart Unlock 2.0 da Xiaomi — desbloqueio de apenas 1,2 segundo com a pulseira inteligente Mi Band 3. O pacote inclui som surround DTS e Microsoft Office Home e Student.

Preço e disponibilidade
As pré-vendas começam no sábado (1) e a distribuição oficial acontece no dia 11 de junho. As opções são as seguintes:

i5 e 256 GB: 3.999 iuanes (R$ 2.328 na conversão direta)
i5 e 512 GB: 4.299 iuanes (R$ 2.502)
i7 e 512 GB: 4.999 iuanes (R$ 2.910)

(Fonte: TecMundo) - 28/5/2019
Listando: 5 de 1042

Anuncie

Sobre o Portal da Santa Ifigênia

O Portal da Santa Ifigênia foi lançado em 01 de janeiro de 2002, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua Santa Ifigênia no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para a área de eletro-eletrônicos.