PC Xpress

Notícias na Santa Ifigênia

Listando: 1 à 5 de 871
Xbox One X chega ao Brasil até o final de 2017, segundo Microsoft

No entanto, a companhia não revelou uma data específica de lançamento nem o preço do seu novo e poderoso console para o mercado brasileiro.

A Microsoft revelou neste final de semana, durante a feira Brasil Game Show, que o seu novo console Xbox One X será lançado no Brasil até o final do ano. No entanto, a companhia não revelou uma data nem o preço do aparelho.

Com lançamento previsto para o início de novembro nos EUA, o Xbox One X, antes conhecido como ‘Project Scorpio’, é definido pela empresa de Redmond como “o mais poderoso console lançado até hoje”.

Anunciado originalmente em junho, durante a feira de games E3, nos EUA, o Xbox One X conta com suporte para 4K e traz configurações poderosas, incluindo 40 núcleos Radeon acelerando em 1.172MHz e 12GB de GDDR5. O novo console da

Microsoft também conta com retrocompatibilidade com os jogos do dos seus antecessores Xbox 360 e Xbox original.

Xbox One S

A Microsoft também anunciou seis novos bundles do Xbox One S, versão especial com design menor e suporte para 4K, para as festas de final de ano no Brasil.

Com preços entre 2.200 reais e 2.350 reais, esses packs do One S chegam ao mercado brasileiro ainda em 2017 com jogos como Forza Horizon, Assassins Creed e Minecraft, além de assinaturas gratuitas do Game Pass e da Xbox Live, garantindo

acesso ilimitado aos jogos.

(Fonte: Da Redação) - 16/10/2017
Smartphone da Razer deve ter câmeras duplas e corpo mais fino

Faltam menos de 15 dias para o grande anúncio da entrada da Razer no mercado de smartphones. Mas, como sempre acontece no mercado de tecnologia, vazamentos são uma realidade, e não foi diferente com a estreante, que viu, nesta segunda-

feira (16), uma imagem extra-oficial de seu novo modelo surgindo na internet.

Apesar de pouco reveladora, ela já dá uma noção do que é possível esperar. Temos uma dupla de câmeras na parte traseira do dispositivo, ao lado de um flash LED, como é comum nos atuais dispositivos de topo de linha. Nas laterais, dois

botões, que pela distância entre si, podem muito bem serem os de aumentar ou abaixar o volume. Mas será que é isso mesmo, levando em conta que eles parecem estar abaixo da linha intermediária do dispositivo, uma localização pouco usual

para esse recurso?

Falando na carcaça, aliás, ela parece ser bem fina, contrastando com o tamanho da tela, que deve ser bastante avantajado. Daqui em diante, entretanto, o que temos são apenas constatações a partir desta e da única imagem "oficial"

divulgada, quando o modelo apareceu no bolso do CEO da Razer, Min-Liang Tan, em uma foto ao lado do vice-presidente sênior e diretor geral da companhia, Tom Moss.

Comparando as cenas, é possível fazer duas formulações - a de que o smartphone da empresa terá o tradicional símbolo luminoso, como aparece em mouses, teclados e outros periféricos da marca, ou que ele possuirá variações em diferentes

cores. Sendo assim, será possível vermos também mudanças de tamanho e configurações?

Elas, de qualquer maneira, devem ser robustas, já que a promessa da companhia é de um dispositivo voltado para o consumo de jogos e entretenimento. Levando em conta o caráter da Razer na fabricação de dispositivos que se posicionam nos

rincões mais elevados das tabelas de preço, não dá para ter a expectativa de um dispositivo de entrada.

Acima de tudo, faltam as informações primordiais sobre a entrada de mais um player no segmento mobile. A Razer tem feito mistério sobre o assunto, guardando todas as informações para seu evento daqui a algumas semanas, e feito um belo

trabalho de controle dos rumores e especulações. Pelo menos por enquanto, quase não existem vazamentos, e deve ser uma grata surpresa - além de uma raridade - termos um lançamento de produto sem que se saiba, anteriormente, tudo sobre

ele. Resta aguardar para saber se a situação se manterá assim até o dia 1º de novembro.



razer smartphone

Foto: Canaltech

(Fonte: Canaltech) - 16/10/2017
WhatsApp Business está chegando; conheça a nova versão corporativa do mensageiro

O Facebook vem buscando novas formas de tornar seus aplicativos lucrativos, e o WhatsApp Business é a próxima carta a ser jogada na mesa. A versão do mensageiro focada no mundo corporativo traz soluções profissionais, e será usada

somente por contas verificadas. Com o novo app, empresas podem se comunicar com mais facilidade, enviando textos, imagens, links e outros arquivos em uma única mensagem.

Ainda, o serviço fornecerá um recurso de tradução simultânea, facilitando conversas entre pessoas que falem idiomas diferentes. O projeto piloto do aplicativo está em andamento, e, quando chegar a todos, será gratuito para pequenas

empresas. Já para as maiores, será cobrada uma assinatura, cujas condições e valores ainda não foram divulgados.

O app aparecerá na Play Store, e outra novidade é o suporte técnico telefônico, para que as empresas forneçam este número a seus clientes e fornecedores, sem precisarem divulgar seus números particulares. O usuário do WhatsApp Business

pode continuar usando seu WhatsApp pessoal à vontade, mantendo os dois aplicativos instalados no dispositivo.

Seu visual é bastante parecido com o do mensageiro tradicional - tudo para garantir o uso intuitivo. Ícones para a câmera, conversas, status e ligações permanecem na versão corporativa, que traz algumas mudanças em suas Configurações. O

novo app fornece estatísticas para que as empresas consigam monitorar a quantidade de mensagens trocadas entre seus colaboradores, e novas análises devem ser incorporadas em breve.

Ainda, é possível escolher uma "away message", que serve como uma resposta automática para quando você não estiver disponível naquele momento. Quem tentar entrar em contato, receberá a resposta personalizada que você configurar.

O WhatsApp Business já está disponível em uma versão beta na loja de aplicativos do Android, mas somente aparecerá aos inscritos no programa de testes do mensageiro. Quem desejar começar a testar, basta se inscrever neste link.



WhatsApp Business

Foto: Canaltech

(Fonte: Canaltech) - 9/10/2017
The Last of Us: Part II deve chegar apenas em 2019, sugere compositor

O anúncio e o teaser da sequência direta de The Last of Us deixou muitos fãs ansiosos pelo próximo game. Muitos acreditavam que The Last of Us: Part II chegaria já no próximo ano, mas parece que a espera será um pouco mais longa.

Isso porque Gustavo Santaolalla, comporsitor da trilha sonora do game original e de sua sequência, disse, em entrevista à Vortetix que a previsão é de que toda a parte de composição e gravação musical fique pronta em 2019.



The Last of Us Part 2

Foto: Divulgação / Canaltech

"Em 2019 estará pronta", disse o compositor sobre a conclusão da trilha sonora. "Não sei ao certo quando [o jogo] será lançado, mas um projeto desses demora pelo menos dois anos para ser realizado. Tenho trabalhado nele há cerca de um

ano. Depois do meu último concerto em 28 de outubro, voltarei para Los Angeles para continuar a trabalhar no jogo", disse Santaolalla.

Tal informação, somada à declaração do próprio presidente da Naughty Dog, evidencia que The Last of Us: Part II não chegará antes de 2019.



Ainda sem data de lançamento, a sequência de The Last of Us chega com exclusividade para Playstation 4.

(Fonte: Canaltech) - 9/10/2017
10 fatos sobre o Google que você provavelmente não conhecia

A Google, atualmente, é uma das empresas privadas mais importantes do mundo, influenciando a sociedade graças a suas constantes inovações tecnológicas. Mas, apesar de todo mundo saber que a empresa é uma gigante da internet que domina o

universo das buscas virtuais, há muito o que descobrir a respeito da companhia desde que ela foi fundada nos anos 1990.



Google

Foto: Canaltech

Descubra, a seguir, 10 fatos um tanto quanto desconhecidos sobre a história da empresa de Mountain View criada por Larry Page e Sergey Brin:

Os fundadores da Google se conheceram por acaso
Quando Page tinha 22 anos, ele se formou em engenharia pela Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, e foi recebido por Brin, que tinha 21 anos, quando visitava o campus da Universidade de Stanford para iniciar o seu Ph.D. Isso

aconteceu em 1995.

O Google inicialmente se chamava BackRub
A primeira página que a dupla colocou no ar em 1996, usando os servidores da Universidade de Stanford, se chamava BackRub. O site permaneceu no ar por mais de um ano, mas, depois de "comer" muita banda do local, acabou sendo hospedado

externamente. No mesmo ano, Page e Brin decidiram mudar o nome do site para Google.

O nome Google é uma brincadeira com o conceito de "googol"
Um googol é o número 10 elevado à centésima potência - ou seja, o número 1 seguido por cem zeros. O nome para este número gigantesco foi dado por uma criança de oito anos, cujo tio era um matemático que desejava criar uma maneira mais

simples de representar este numeral.

O primeiro escritório da Google era uma garagem alugada
A Google era, literalmente, uma empresa de garagem. Seu primeiro escritório foi montado em uma garagem alugada em 1998. Sua proprietária era irmã de uma funcionária da empresa, que foi a primeira gerente de marketing da Google,

atualmente ocupando o cargo de CEO do YouTube.

O Gmail foi lançado no Dia da Mentira
O dia 1 de abril é mundialmente conhecido como o Dia da Mentira, e, por alguma razão, o Gmail acabou sendo lançado nesta data de 2004. A ideia seria fingir que o lançamento seria uma brincadeira, com todo mundo descobrindo que o serviço

era de verdade no dia seguinte.

A compra do YouTube aconteceu em uma rede de fast food
Steven Chen, cofundador do YouTube, não queria marcar os encontros para negociar a venda de seu serviço em escritórios convencionais. Então, os executivos escolheram uma unidade do Dennys em Palo Alto, na Califórnia, como local da

reunião em que bateram o martelo. A compra do YouTube pela Google aconteceu em 2006 por US$ 1,65 bilhão.

Os chefões combinaram de trabalhar juntos por 20 anos
Antes de a companhia abrir o seu capital em 2004, Page, Brin e Eric Schmidt, então CEO da Google e atual presidente da Alphabet, fizeram um acordo mútuo: os três combinaram que trabalhariam juntos na empresa por duas décadas.

A empresa sempre foi "pet friendly"
Não é de hoje que a Google tem portas abertas para os animais de estimação de seus funcionários. Desde o início, a companhia permite a entrada de pets, sendo que um dos primeiros cachorros que a empresa recebeu foi Yoshka, cujo dono era

o então vice-presidente de operações, Urs Hoelzle.

O Google Imagens estreou em grande estilo
Em 2001, o Google Imagens surgiu para facilitar a busca por fotos e GIFs na plataforma. Mas muito se engana quem pensa que o serviço surgiu timidamente: quando foi ao ar, ele já exibia 250 milhões de imagens.

A gigante fornece Wi-Fi de graça em Mountain View
Qualquer pessoa que visitar a região de Mountain View, na Califórnia, onde fica a sede da Google, pode usar o Wi-Fi fornecido pela companhia sem gastar nem um centavo por isso. Mas, o que pode parecer um gesto de generosidade, na

verdade, é mais uma maneira que a gigante encontrou de fazer todo mundo se conectar e, consequentemente, usar seus serviços por aí.

(Fonte: Canaltech) - 2/10/2017
Listando: 5 de 871

Anuncie

Sobre o Portal da Santa Ifigênia

O Portal da Santa Ifigênia foi lançado em 01 de janeiro de 2002, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua Santa Ifigênia no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para a área de eletro-eletrônicos.