SHEIK CFTV

Notícias na Santa Ifigênia

Listando: 1306 à 1310 de 1312
Receptor USB leva televisão ao PC

Se a alta definição proporcionada pela TV digital ainda é muito cara nos aparelhos de televisão convencionais, no computador já existem receptores que custam menos de R$ 300 e prometem entregar alta qualidade de imagem.

Como não é raro um monitor possibilitar resolução equivalente a 720p, considerado alta definição, produtos como o TV Way+ permitem captar sinal digital de boa qualidade no PC.

Fraquinha

O problema é que a antena que acompanha o dispositivo (www.evolutepc.com.br), que lembra um pendrive, é muito fraquinha. Ele até capta facilmente o sinal OneSeg, destinado a telinhas, mas, nesse caso, a resolução está mais para YouTube do que para Blu-ray (ou até mesmo DVD).

Mas captar alta definição, em plena região central de São Paulo, não foi possível. Nesse caso, o parco manual diz que é necessário uma outra antena, vendida à parte, assim como o adaptador necessário.

O produto é fácil de instalar, tem um bom software gerenciador e permite gravar a programação dos canais. O preço, de R$ 249, é compatível com outros receptores do gênero.

Multilaser

Para comparar, o receptor TV digital da Multilaser possui capacidade apenas para a resolução OneSeg e custa R$ 189. O aparelho possui fácil instalação no Windows Vista e oferece opções como gravar a programação e editar fotos. No Windows XP, é necessário instalar o DirectX.

Santa Ifigênia, em SP, encara desafio de regularizar comércio

A área da rua Santa Ifigênia (região central de São Paulo), conhecida pela venda de equipamentos eletrônicos de ponta, tem ao lado dessa reputação uma outra nada agradável: a de comércio ilegal e a de venda de produtos contrabandeados.

Em todas as ruas, é possível ver softwares, eletrônicos e componentes de informática sendo vendidos sem nota fiscal e garantia de procedência.

Outro aspecto que dificulta a vida do consumidor é não saber se o produto que ele está comprando é realmente legal. Enquanto em alguns casos é fácil supor uma origem duvidosa, em outros é preciso atenção.

Isso porque a informalidade não se limita aos vendedores de rua, mas está presente também entre os lojistas, que em muitos casos não possuem CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica) e não emitem nota fiscal. Sem ela, não é possível comprovar a origem do produto e exigir a garantia do fabricante.

Mas o comércio na região está mudando e parte das lojas passa por formalização fiscal. Um dos fatores que contribuíram para isso foi o programa de incentivos fiscais do governo federal, que tem como objetivo estimular a produção de bens de informática no Brasil. Atualmente, o imposto para um processador, por exemplo, é de 2%.

Com isso, componentes legais chegam a ter o mesmo preço daqueles que são contrabandeados.

Outro fator é a exigência do consumidor. Eduardo Gonçalves Silva, 35, proprietário da Digital West, afirma que, para uma empresa se manter no mercado, é necessário confiança e credibilidade. Sua loja é parceira da Intel há quatro anos e meio, e ele acredita que a tendência é que o número de lojas regularizadas aumente. "Oito anos atrás, só 10% dos estabelecimentos eram legais; hoje, são cerca de 60%".

Nesse cenário, empresas de tecnologia têm adotado diferentes estratégias para garantir a venda de unidades originais de seus produtos na região.

Como a Intel, a Nvidia possui uma loja parceira na Santa Ifigênia, enquanto a Logitech abriu um representante oficial. Ainda assim, é preciso ter cuidado na hora da compra.

Veja dicas para se dar bem nas compras da Santa Ifigênia

Confira abaixo dicas para fazer compras na rua Santa Ifigênia, em São Paulo:

PREÇO
Desconfie de produtos vendidos por valores muito abaixo da média. Verifique o preço de mercado antes de comprar

OFERTAS
Guarde todo tipo de divulgação de preços da loja, seja impresso, seja pela internet

TESTE
Antes de comprar, peça para o vendedor testar o produto e todos os periféricos no local da compra

CONFIRA
Verifique se você está levando tudo o que comprou. Confira se o vendedor recolocou os produtos na embalagem após o teste

SOFTWARES
Se o programa estiver instalado no equipamento comprado, certifique-se de que ele é original pedindo uma comprovação do vendedor. Caso não esteja instalado, procure um certificado de autenticidade na embalagem. Cada fabricante possui suas próprias diretrizes; em caso de dúvida, contate-os

IDIOMA
Manuais e informações do produto devem vir em português. Esse é um direito do consumidor

DÚVIDAS
Procure o Procon (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor; www.procon.sp.gov.br), que forneceu as dicas acima

(Fonte: da Folha de S.Paulo ) - 25/01/2009
Novo vírus "mutante" infecta 2,5 milhões de PCs, diz empresa

O Brasil é o segundo país que mais registrou infecções pelo novo vírus Conficker, também denominado Downadup, segundo relatório publicado pela empresa de segurança em internet F-Secure na terça-feira (13). O vírus, que infectou 2,5 milhões de computadores em todo o mundo, usa ataques múltiplos e novas engenharias para infecção, a partir do descuido de usuários.

"O número é conservador. Certamente, a quantidade de computadores afetados é bem maior", afirma o relatório da empresa.

O documento aponta 34.814 IPs brasileiros infectados. Coube à China o primeiro lugar, com a observação de que o número de endereços chineses foi contabilizado apenas a partir de empresas.

Segundo o site The Register, o vírus usa algoritmos complexos para desenvolver uma lista diária de domínios específicos, a fim de entrar em contato com eles e contaminar máquinas.

Os piratas virtuais precisam de apenas um registro de uso ou domínio para tentar infectar o computador ou a rede com o Conficker. De acordo com a F-Secure, a tática foi feita a partir de ataques frustrados por empresas de segurança.

O vírus pode ter centenas de nomes diferentes, afirma o relatório.

O último período em que houve grande quantidade de computadores infectados foi durante setembro de 2007, época na qual o vírus Storm infectou de 500 mil a 1 milhão de máquinas.

"Poderíamos manipular as máquinas infectadas. Mas é claro que não conseguimos. De fato, não vamos fazer nada a respeito ainda --nem desinfectá-los-- porque isso seria considerado como invasão aos PCs. É ilegal em muitas jurisdições. Olhar e não tocar é nossa regra de ouro", diz o comunicado.

Alguns dos sintomas relacionados ao Conficker são falhas em programas e pastas bloqueadas (ou criadas) sem o comando dado pelo usuário.

A F-Secure disponibilizou uma ferramenta de desinfecção no seu site.

(Fonte: da Folha Online ) - 18/01/2009
Número de internautas residenciais ativos dobra em três anos no Brasil

O número de internautas residenciais ativos --que usaram a rede ao menos uma vez no mês-- dobrou em três anos no Brasil, chegando a 24,5 milhões em dezembro do ano passado. De acordo com o Ibope/NetRatings, esse número era de pouco mais de 12,2 milhões em dezembro de 2005.

Em relação a dezembro de 2007, a alta foi de 14,7%. De acordo com a empresa de pesquisa, nos últimos meses o crescimento no número de internautas residenciais vem ocorrendo principalmente entre adultos e idosos. Entre os meses de dezembro de 2007 e 2008, houve uma alta de 21,5% entre os internautas com mais de 25 anos de idade --o índice foi de 7,5% no público com até 24 anos.

Isso tem efeitos sobre o número médio de horas que o brasileiro fica na internet --em média, um jovem no Brasil acessa mais de 2.000 mil páginas de internet por mês, 56% mais que um adulto.

"O amadurecimento do perfil do internauta brasileiro provocou em dezembro redução da média de consumo, tanto de tempo por pessoa quanto de número de páginas vistas. Além de haver muitos adultos e idosos começando a usar a internet, os jovens é que navegam de maneira mais intensa", afirma José Calazans, analista de mídia do Ibope/NetRatings, em nota.

Em dezembro, o internauta do Brasil ficou 22 horas e 50 minutos na internet, uma queda de 4% em relação a novembro e de 0,7% na comparação com dezembro de 2007.

Com isso, o Brasil perdeu para a França a primeira posição entre os países que gastam mais tempo na rede. Em média, os franceses ficaram 23 horas e 39 minutos na internet, seguidos pelos alemães, com 23 horas e 3 minutos.

"Neste momento, há um forte crescimento na Europa do uso de sites de redes sociais, que são as páginas em que os internautas navegam por mais tempo. Esse intenso uso de sites de comunidades, que começou recentemente em outros países, já existe no Brasil desde 2005", diz Calazans.

Considerando todos os ambientes, como residências, trabalho, escolas, LAN Houses, bibliotecas, telecentros, o número de pessoas de 16 anos ou mais com acesso é de 43,1 milhões. O dado é do terceiro trimestre de 2008.

(Fonte: da Folha Online ) - 18/01/2009
Listando: 1310 de 1312

Anuncie

Sobre o Portal da Santa Ifigênia

O Portal da Santa Ifigênia foi lançado em 01 de janeiro de 2002, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua Santa Ifigênia no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para a área de eletro-eletrônicos.